A Câmara Municipal de Lisboa vai contratar 100 novos trabalhadores para as áreas de manutenção da cidade, anunciou hoje o presidente da autarquia, Fernando Medina.

«A Câmara decidiu proceder à contratação de cem novos assistentes operacionais, que se concentrarão nas áreas de manutenção da cidade e suporte à manutenção»


O socialista falava na Assembleia Municipal de Lisboa, sublinhando ser «absolutamente essencial» que a autarquia tenha «capacidade real para poder intervir na cidade».

Na Informação Escrita do Presidente, Fernando Medina referiu, a propósito das contratações, que a «repavimentação é uma área prioritária, bem como os resíduos urbanos e a proteção da cidade contra as cheias».

O presidente da autarquia disse também que as intervenções no espaço público serão concentradas em unidades de coordenação territorial, que têm de funcionar em coordenação com as juntas de freguesia.