A GNR deteve seis pessoas e apreendeu 473,9 doses de haxixe no âmbito de uma operação de controlo e fiscalização realizada em comboios nacionais e internacionais, a «Clean Stations», anunciou aquela força de segurança.

Dos seis detidos, cinco foram-no por tráfico de estupefacientes e um relacionado com imigração ilegal, refere um comunicado da GNR, que acrescenta ter apreendido também 7,2 doses de heroína, 10 doses de cocaína e 17,7 gramas de canábis.

Tratou-se da operação «Clean Stations», que decorreu na segunda e terça-feira e incidiu também em estações ferroviárias com vista a controlar, fiscalizar, prevenir e combater a criminalidade, sobretudo o tráfico de seres humanos, de armas, de explosivos e de estupefacientes.

O combate à imigração ilegal, ao furto de metais não preciosos, ao furto e/ou roubo em estações ferroviárias e o combate ao transporte de espécies protegidas foram outros dos objetivos da ação, que mobilizou 532 efetivos e decorreu em 193 estações e 286 comboios, acrescenta a mesma nota.

A «Clean Stations» contou com a colaboração de elementos do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente, em cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e das companhias REFER, CP e FERTAGUS, indica a nota.

Esta ação realiza-se em conjunto em 16 países da Europa que fazem parte da European Network of Railway Police Forces (RAILPOL), como noticia a Lusa.