É considerada já uma das maiores revoluções do cérebro e está a ser feita por médicos portugueses. A cirurgia chama-se Estimulação Cerebral Profunda e, através de elétrodos dentro do crânio, é possível tratar doenças como Parkinson, Alzheimer, distonia, anorexia, obesidade, depressão e até mesmo obsessões e toxicodependência.

Uma equipa de reportagem da TVI acompanhou vários doentes que se sujeitaram a esta operação e é verdadeiramente impressionante o antes e o depois da cirurgia. Veja as impressões da jornalista Ana Leal no segundo vídeo associado a este artigo

No Hospital de Santa Maria, em Lisboa, fez-se mesmo uma experiência única no mundo, ao operar-se o primeiro dependente de cocaína. Os médicos portugueses conseguiram bloquear a zona cerebral do prazer, devolvendo ao doente uma vida sem dependência de drogas.

Até onde irão os limites éticos de tudo isto? É a pergunta que agora se coloca a muitos médicos.

“UPGRADE” é uma grande reportagem da jornalista Ana Leal, com imagem de Romeu Carvalho e edição de imagem de Miguel Freitas, que foi exibida, este domingo, no “Jornal das 8”.