Para já, foram operados dois doentes com esta técnica, os quais já tiveram alta e “encontram-se bem”.