O escritor Rui Zink partilhou, esta terça-feira, uma mensagem no Facebook dirigida a José Pedro Gomes e sobre José Pedro Gomes, o ator de 64 anos internado desde 27 de janeiro, em coma induzido, por causa de uma pneumonia atípica. A mensagem, a que Rui Zink chamou “uma oração” tornou-se viral e, em pouco mais de 24 horas, já teve mais de 24.000 gostos, foi partilhada quase 6500 vezes e tem quase mil comentários.

UMA ORAÇÃOJosé Pedro Gomes continua em "coma induzido". Diz a lenda que, nesse estado, podemos comunicar com os amigos...

Publicado por Rui Zink em  Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2016

Na mensagem, uma vez que, “diz a lenda”, em coma é possível “comunicar com os amigos desaparecidos”, Zink imagina um diálogo entre José Pedro Gomes e o amigo António Feio, ao estilo da “Conversa da Treta”, que os dois atores protagonizaram. Nessa conversa imaginária, Feio “finge arreliar-se e admoesta o amigo de sempre”, quando ele lhe diz que é capaz de gostar o Céu.

 

"Estás parvo, ainda tens mais um par de peças para fazer, a Luísa Costa Gomes está a escrever-te uma em que interpretas não doze, mas 176 personagens e tudo numa hora, era para ser surpresa, o casino já tem a data reservada e tudo..."

Entre recordações de sucessos como “Inox” ou “O que diz Molero”, António Feio recorda a José Pedro Gomes como o amigo é bom ator e como mereceu todas as palmas que recebeu. Feio revela ao amigo o quão orgulhoso se sente do seu talento e diz-lhe que é por isso “que tem de voltar lá para baixo”.

Quando José Pedro Gomes confessa a António Feio que queria ficar a conversar “mais um bocadinho”, Feio responde-lhe: "OK, mas daqui a pouco andor, tá? Há gente a torcer por ti, não lhes vais fazer a desfeita."

E remata: “Agora vê lá se acordas."