Cientistas identificaram pela primeira vez os genes que permitem a certas espécies de peixes adaptarem-se ao aquecimento dos oceanos causado pelas alterações climáticas. A descoberta foi divulgada, esta terça-feira, pela Universidade James Cook, na Austrália.

“Alguns peixes têm uma capacidade única para se adaptarem a temperaturas da água mais elevadas em poucas gerações”, disse Heather Veilleux, do centro de investigação de corais, o Coral CoE, da Universidade australiana.


No projeto, em conjunto com a saudita Universidade King Abdullah, os investigadores analisaram várias gerações de peixes, através de uma experiência feita com corais, num laboratório no estado Queensland, no nordeste australiano.