O mau tempo que está a afetar os Açores já originou hoje 14 ocorrências, a maioria em São Miguel, principalmente pequenas inundações em habitações e obstruções parciais de estradas, estando também a afetar ligações aéreas com o exterior.

Segundo o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, foram registadas 14 ocorrências desde as 04:00 locais (mais uma hora em Lisboa), nomeadamente, 13 ocorrências na ilha de São Miguel e uma na Terceira.

"Os concelhos afetados foram Praia da Vitória (Terceira), Nordeste, Lagoa, Ribeira Grande e Ponta Delgada (São Miguel)", acrescenta uma nota da Proteção Civil açoriana, indicando que "as ocorrências foram principalmente obstruções parciais de vias de comunicação terrestre, devido à precipitação intensa e pequenas inundações em habitações, sem registo de desalojados ou vítimas".

No concelho do Nordeste, ilha de São Miguel, os bombeiros registaram "sete ocorrências relacionadas com inundações em quatro moradias e intervenções em três estradas", avançou à Lusa o segundo comandante André Ávila.

A prestar apoio a estas ocorrências estiveram os Serviços Municipais de Proteção Civil dos vários concelhos, corpos de bombeiros e direção regional das Obras Públicas.

Devido ao mau tempo, o voo da Azores Airlines, com 192 passageiros, com origem em Boston (Estados Unidos da América) e com chegada prevista a Ponta Delgada (São Miguel) às 06:00 locais (mais uma hora em Lisboa) divergiu para a capital portuguesa, informou o porta-voz da companhia aérea açoriana SATA, António Portugal, em declarações à Lusa.

António Portugal disse, ainda, que aqueles passageiros chegam a Ponta Delgada ao final do dia de hoje.

O porta-voz da SATA referiu, também, que foi cancelada a ligação da Azores Airlines Ponta Delgada (São Miguel)/Praia (Cabo Verde).

"Os 130 passageiros com origem em Boston e [com] destino final a cidade da Praia foram para Lisboa e a SATA criou uma ligação a partir da capital para os reencaminhar", explicou.

As nove ilhas dos Açores estão sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), até às 18:00 locais (mais uma hora em Lisboa) devido às previsões de chuva e trovoada.

O Governo dos Açores decidiu, de forma preventiva, manter o condicionamento da circulação rodoviária até às 18:00 de hoje em alguns troços de estrada na ilha de São Miguel.