Um doente internado num quarto de isolamento terá provocado, esta quarta-feira, um incêndio com um isqueiro que obrigou à evacuação do edifício de internamento do Serviço de Psiquiatria da Unidade Hospitalar de Vila Real.

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), responsável por aquela unidade, divulgou, em comunicado, que o incêndio “teve origem num quarto de isolamento da ala de internamento do Serviço de Psiquiatria e foi provocado por um doente internado, utilizando, para o efeito, um isqueiro”.

Segundo a fonte, “dos 19 doentes internados, um teve alta e outro, pelo facto de ter inalado fumo decorrente do incêndio, teve de ser observado no Serviço de Urgência, encontrando-se, contudo, estável”.

O CHTMAD acrescenta que, “os restantes 17, por uma questão de precaução, foram transferidos para a Unidade Hospitalar de Chaves, previsivelmente apenas por 24 horas, enquanto se procede à limpeza e inspeção” do edifício de internamento do Serviço de Psiquiatria.

Os responsáveis pela unidade explicaram que “o sistema de deteção de incêndios sinalizou a existência de fumo e, perante esta situação, a equipa de segurança do Centro Hospitalar, que de imediato se deslocou ao local, confirmou a existência de incêndio, ativando, para o efeito, o respetivo Plano de Emergência Interno”.

“De seguida procedeu-se à ativação dos meios de segurança internos, bombeiros e polícia”, indicaram.