A PSP desmente todos os dados que estão a circular sobre o reforço policial dos ministérios, nomeadamente, que cada ministério deverá contar com uma média de 20 agentes como reforço de segurança. Fonte da PSP contactada pela TVI, diz que os números são falsos e as informações são «inverdades e disparates».

A mesma fonte acrescenta que, ontem, durante a ocupação dos quatro ministérios, foram enviados 16 agentes, para cada um dos edifícios, para manutenção da ordem.

Em relação ao reforço do policiamento dos ministérios, daqui para a frente, garante fonte da PSP, é cada ministério que determina, em cada momento, as medidas de segurança a implementar.

Refere ainda que, neste momento, não são conhecidas, nem sequer mensuráveis.

«Uns dedicam-se às exportações e outros a manifestarem-se» >

«Inverdades e disparates» é como a fonte da PSP, contactada pela TVI, define tudo o que se tem dito sobre o reforço de segurança nos mistérios, até esta altura.

Arménio Carlos nega invasão dos ministérios