A Polícia Judiciária anunciou a detenção de uma mulher de 60 anos e do filho de 31, suspeitos de um crime de homicídio na forma tentada, ocorrido em Cerejo, localidade do concelho de Pinhel.

Segundo fonte da PJ da Guarda, os detidos são suspeitos de, ao fim da manhã de segunda-feira, agredirem um vizinho, com um sacho agrícola, devido a «zangas antigas».

«Na sequência de uma discussão iniciada por motivos de natureza fútil, decorrentes de quezílias antigas entre vizinhos, a vítima, um homem com 79 anos, foi atingida com sucessivos golpes num braço e na cabeça, proferidos em conjugação de esforços por ambos os detidos, com recurso a um sacho agrícola», refere em comunicado o Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda.

Ainda de acordo com a nota, devido à gravidade das lesões sofridas, a vítima foi assistida no local e depois transportada para o hospital da Guarda, onde permanece internada na unidade de cuidados intensivos.

Para além das detenções da mãe e do filho, ele pastor e ela doméstica, a PJ apreendeu três pistolas de alarme e 82 munições reais e de salva, pertencentes a um dos suspeitos e à própria vítima.

Os detidos estão a ser presentes ao tribunal da Guarda para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.