A cantora Maria de Medeiros abre esta terça-feira, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, o Festival Misty, que até ao dia 14 apresenta 30 concertos em 11 salas de dez localidades.
 
Maria Medeiros atua no grande auditório do CCB, apresentando o seu mais recente CD, «Pássaros eternos», que «prossegue no seu muito particular caminho musical, entre ‘chansons’ e bossas, tangos e jazz, pop e algo mais com toques de África», afirmou a produtora Uguru, que organiza o festival, à Lusa.
 
A cantora e atriz atua ainda no Porto, na Casa da Música, no dia 5, no Teatro Aveirense, em Aveiro, no dia seguinte, e no Centro Cultural e de Congressos da Caldas da Rainha, no dia 9.

 

Também esta terça-feira, em Lisboa, no Cinema S. Jorge, acontece o espetáculo “Sessões Blitz”, que assinala o 30.º aniversário desta publicação, no qual atuam a banda Capitão Fausto, David Pessoa, Elias, Flak, João Caetano, Lisbon Kid, Sétima Legião, Valter Lobo e «uma banda surpresa», segundo a mesma fonte.
 
O cartaz é constituído por Rodrigo Leão, que participa desde a primeira edição, pelo Kronos Quartet, Jorge Palma, Buika, que já colaborou com Mariza, o maestro Rui Massena, que se apresenta como pianista, a fadista Gisela João, este ano distinguida com o Prémio José Afonso, Patxi Andión, os Couple Coffee, Celina da Piedade, Patrícia Bastos, Lura, Olavo Bilac e Pierre Aderne.
 
Além de Lisboa, onde se divide por três palcos – o CCB, Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) e Cinema S. Jorge -, o Misty acontece em Sintra, nas Caldas da Rainha, Figueira da Foz, Coimbra, Aveiro, Espinho, Porto, Vila do Conde e Braga.