O incêndio que deflagrou esta quarta-feira num estacionamento nas imediações do festival “Andanças”, em Castelo de Vide, foi já dominado, segundo informação da Proteção Civil e da GNR pelas 16:40.

O incêndio destruiu 422 viaturas e danificou parcialmente outras nove, disse à Lusa fonte da Proteção Civil. A organização do festival já afirmou que tem um seguro que cobre os danos resultantes do incêndio

O incêndio junto ao Festival Internacional de Danças Populares, no distrito de Portalegre, não provocou danos pessoais, mas obrigou à retirada de cerca de quatro mil pessoas do recinto por precaução.

Estavam quatro mil pessoas no recinto, que foram retiradas por precaução", referiu Belo Costa, frisando que foi acionado o plano de emergência do festival e que “funcionou".

O recinto do festival já voltou entretanto a receber participantes. A Lusa constatou no local, perto das 19:00, que os participantes do festival de dança estavam já a regressar ao espaço e a organização deixou também uma nota na sua página na rede social Facebook pela mesma hora.

"Já regressámos ao recinto e estamos todos bem. Não há feridos graves e as atividades vão retomar brevemente. Graças a uma incrível coordenação por parte dos bombeiros, GNR, Proteção Civil, organização, voluntários e imensa gente que se prontificou para ajudar, tudo correu de forma fluida", referia a mensagem.

Fonte da organização referiu que o trânsito foi cortado na zona. Estão militares no terreno para controlar o trânsito, e encontram-se ainda bombeiros de 18 cooperações.

As causas do incêndio estão a ser investigadas no terreno pela GNR, disse à agência Lusa fonte da força de segurança.

De acordo com a mesma fonte, a investigação só passará para a Polícia Judiciária se forem detetados indícios de origem dolosa.

O parque de estacionamento onde teve origem o incêndio fica localizado a "algumas centenas de metros" do recinto do festival.

De acordo com o site da Protecção Civil, o alerta foi dado às 15:00 e estiveram no local 159 operacionais, apoiados por 42 veículos e quatro meios aéreos.

Esta não é a primeira vez que o festival Andanças é atingido por um incêndio. Em 2010, quando o festival se realizou em São Pedro do Sul, Viseu, a progressão de um fogo que lavrava há três dias, obrigou à evacuação do Andanças e da povoação circundante.

O "Andanças" - Festival Internacional de Danças Populares decorre desde segunda-feira nas margens da albufeira de Póvoa e Meadas, no concelho de Castelo de Vide.

Promovida pela PédeXumbo, Associação para a Promoção da Música e Dança, a 21.ª edição do festival esperava receber, até domingo, 40 mil visitantes, numa área de 28 hectares.

 

Festival deverá ser retomado ainda hoje

A edição deste ano do Festival "Andanças", que decorre em Castelo de Vide, no distrito de Portalegre, deverá ser retomada ainda hoje, depois do incêndio no parque de estacionamento, anunciou a organização.

Em declarações aos jornalistas, Graça Gonçalves, da organização, explicou que “há condições para manter o festival em funcionamento” e que, da parte dos promotores, “está tudo a postos para continuar”, aguardando-se apenas a autorização das diferentes forças de segurança e socorro.

Haverá, no entanto, algumas alterações na programação.