Uma viatura dos bombeiros ardeu esta terça-feira num incêndio na localidade de Sobral do Campo, distrito de Castelo Branco, constatou a agência Lusa no local.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco confirmou a existência de um “meio inoperacional” e disse ter havido um bombeiro transportado para o hospital Amato Lusitano, em Castelo Branco.

O bombeiro foi entretanto transferido para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. "O bombeiro sofreu queimaduras de primeiro, segundo e terceiro graus não muito extensas, mas foi apanhado na face e achou-se conveniente transferi-lo para um hospital que tenha unidade de queimados", afirmou o presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde (ULS) de Castelo Branco, Vieira Pires.

O responsável sublinhou que o Hospital Amato Lusitano não tem unidade de queimados, que só existe nos hospitais centrais.

O incêndio teve início às 14:46 numa zona de mato. No local, estão 37 veículos e quatro aeronaves – dois aviões médios, um helicóptero pesado e outro ligeiro.

No combate às chamas estão ainda 133 operacionais.

De acordo com o vice-presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Castelo Branco, a viatura pertence a esta corporação e o bombeiro ferido apresenta lesões nos membros inferiores e cara.