O homem que terá esfaqueado os pais com uma navalha, no concelho de Moimenta da Beira, vai ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva, disse hoje fonte do tribunal local.

O homem com cerca de 50 anos foi presente a primeiro interrogatório judicial durante a manhã e também ao longo da tarde, tendo-lhe sido aplicada a prisão preventiva como medida de coação.

Um homem com cerca de 50 anos, e não de 30 como inicialmente avançado pelas forças policiais, terá esfaqueado os pais com uma navalha na noite de terça-feira, causando-lhes ferimentos considerados graves.

De acordo com a GNR de Viseu, o agressor entregou-se ao início da noite de terça-feira no posto da GNR de Moimenta da Beira, onde terá confessado que esfaqueou os pais em casa, na povoação de Beira Valente, freguesia de Leomil.

O casal, com idades na casa dos 70 anos, encontra-se internado nos Hospitais da Universidade de Coimbra, no serviço de Oftalmologia.

De acordo com fonte oficial dos Hospitais da Universidade de Coimbra, o casal não corre perigo de vida. Foram submetidos, na quarta-feira, a intervenções cirúrgicas.