A PSP anunciou esta quinta-feira ter detido, na Ponte Luís I, no Porto, dois homens suspeitos da prática do crime de furto de carteira, alertando ainda os cidadãos para tomarem precauções “de forma a evitar/dificultar a prática destas ações delituosas”.

Os suspeitos, de 20 e 22 anos, sem ocupação profissional nem residência fixa em território nacional, foram intercetados quarta-feira, pelas 19:20, após terem furtado “uma carteira a uma turista de 50 anos”.

No comunicado enviado à imprensa, a PSP diz que “tem verificado frequentemente [que] os cidadãos não tomam as precauções devidas” para “evitar/dificultar a prática destas ações delituosas”.

Para a autoridade policial, o mais adequado é “levar sempre a carteira dentro do casaco ou nos bolsos da frente das calças e nunca dentro de uma mochila”.

A PSP alerta ainda que “podem ser criados incidentes (dissimulados ou não)” com o intuito de distrair a vítima de furto.

A detenção decorreu “na sequência de uma informação, dando conta de estar a ocorrer um furto de carteira a um casal de turistas que circulava na ponte” por um elemento da PSP e um guarda da GNR que ali passavam “na sua hora de folga”.

A vítima apresentou queixa junto do departamento policial e os detidos serão hoje presentes às autoridades judiciárias.