A GNR anunciou, esta quinta-feira, a detenção, em Pinhel, de um homem de 60 anos, que conduzia um veículo, com carta de condução falsificada, e era procurado pelas autoridades para cumprimento de pena de prisão.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que o condutor foi detido na tarde de quarta-feira durante uma ação de fiscalização de trânsito realizada no interior daquela cidade.

Contou que a patrulha abordou o indivíduo e verificou que «não estava habilitado a conduzir». «Durante a fiscalização, o mesmo apresentou a carta de condução falsificada, tendo a mesma sido apreendida», e o caso participado à Polícia Judiciária da Guarda.

De acordo com a mesma fonte, a GNR apurou que sobre o homem «recaía um mandado de detenção e condução para cumprimento de pena de prisão de dois anos e seis meses, emanado pelo Tribunal Judicial da Guarda, pelo crime de condução sem habilitação legal».

O detido foi conduzido ao estabelecimento prisional da Guarda para cumprimento da pena a que fora condenado anteriormente, indicou.