A Carris informou, esta quinta-feira, que 10 carreiras da capital vão sofrer alterações no sábado devido à final da Liga dos Campeões, sendo duas suspensas, enquanto o Metro de Lisboa espera perturbações que levarão ao não efetuar de paragens em algumas estações.

Em comunicado, a Carris anunciou que «face aos cortes de circulação em algumas artérias, nomeadamente Rossio, Praça da Figueira, Avenida Infante D. Henrique, Avenida da Índia e Rua Marquês de Fronteira, diversas carreiras irão sofrer alterações nos seus trajetos», com ênfase particular em 10.

Desta forma, vão ser afetadas a partir das 09:00 as carreiras 15E entre a Praça da Figueira e Algés, a 711 entre o Alto da Damaia e o Terreiro do Paço, a 714 entre a Praça da Figueira e a Outurela, a 728 da Portela ao Restelo, a 732 do Marquês de Pombal a Caselas, a 736 entre o Cais do Sodré e Odivelas, a 742 desde a Ajuda ao bairro Madre de Deus, a 759 dos Restauradores à Estação do Oriente, a 760 de Gomes Freire ao Cemitério da Ajuda e o serviço Aerobus, ficando impedidas de circular a 12E e a 737, ambas partindo da praça da Figueira.

No caso do Metro, a partir das 14:00 a maior afluência de passageiros previstas deverá «originar alterações no serviço normal, podendo, nomeadamente, alguns comboios não pararem em algumas estações».

A agência Lusa pediu informações adicionais em relação ao Metro de Lisboa, mas tal ainda não foi possível.

Durante o dia de hoje, a PSP já havia anunciado que o Metro de Lisboa vai intensificar o serviço para transportar cerca de 14.000 pessoas por hora no sábado, tendo em vista a final da Liga dos Campeões, aconselhando os adeptos a viajarem nos transportes públicos.

Numa nota com os condicionamentos ao trânsito nas imediações do Estádio da Luz, a PSP destaca que também a rodoviária Carris vai ter um reforço com carreiras «expresso», sem paragens entre o Rossio e São Domingos de Benfica, entre as 15:00 e as 19:00.

O Metro de Lisboa informou hoje à tarde à Lusa que está «a trabalhar no sentido de poder realizar no sábado, a partir das 15:30, no troço urbano da Linha Azul, uma oferta idêntica à dos dias úteis».

No sábado haverá um reforço nas estações onde se prevê maior afluência de clientes, «em termos de colaboradores do Metro de Lisboa e vigilantes».

A empresa tinha já referido que no dia do jogo irá ter composições de seis carruagens nas linhas Azul, Amarela e Vermelha, em vez das habituais composições de três carruagens que costuma ter em circulação aos sábados.