Um cadáver em avançado estado de decomposição, que poderá ser de um idoso desparecido há mais de um ano, foi encontrado esta terça-feira num carro que estava submerso na barragem do Roxo, em Aljustrel, disse fonte da GNR.

O cadáver estava no interior do carro propriedade de um idoso, de 78 anos, "dado como desparecido há cerca de um ano a ano e meio", em Aljustrel, no distrito de Beja, explicou à agência Lusa a fonte da GNR.

"Poderá haver uma relação mais do que evidente" entre o cadáver e o idoso desaparecido, mas "até ser identificado não é possível confirmar essa informação", frisou.


Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja, o alerta para a presença do carro na barragem do Roxo foi dado aos bombeiros às 17:54.

O carro estava submerso "há muito tempo" na barragem, mas hoje ficou à tona e tornou-se visível, explicou o CDOS, referindo que as operações de resgate da viatura e do cadáver, que ainda decorreriam às 20:20, mobilizaram 17 operacionais e cinco veículos dos bombeiros de Aljustrel e a GNR.