A GNR vai apresentar uma queixa-crime contra uma mulher que criticou a atuação da Guarda no Facebook.
 
Depois de ter sido multada por mau estacionamento, na freguesia de Fuseta, em Olhão, a mulher partilhou uma fotografia de um carro da GNR estacionado no mesmo local. A mulher acusou os militares de estarem num café a comer e utilizou os termos "corruptos" e "corrupção" para descrever a GNR e os militares.
 
A GNR considera o comentário lesivo para guardas e instituição e entende estar em causa o crime de difamação.
 
Sobre o sucedido, a Guarda respondeu também através do Facebook e disse que os militares estavam na pastelaria, em serviço, à procura do condutor de um veículo pesado, indevidamente estacionado num lugar reservado a deficientes. “A GNR esclarece que os militares estavam de facto no interior da pastelaria, a tentar identificar o condutor de uma viatura pesada que parqueou num local reservado a pessoas portadoras de deficiência. Por identificarem essa situação, e não tendo um local disponível para o fazer, os militares da GNR parquearam a viatura de serviço na zona que é identificada na fotografia”, explicaram.

Caros seguidores Foram recentemente colocadas imagens nas redes sociais que mostram uma viatura da Guarda Nacional...

Posted by Guarda Nacional Republicana on Segunda-feira, 22 de Junho de 2015