Um casal de Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança, ficou gravemente ferido numa alegada tentativa de homicídio seguida de tentativa de suicídio, com recurso a arma de fogo, divulgou hoje a GNR.

De acordo com informação divulgada pelo Comando Distrital de Bragança da Guarda, o caso ocorreu por volta das 00:45 deste sábado e o homem, de 68 anos, terá alegadamente tentado matar a esposa, de 38 anos, e «de seguida terá tentado suicidar-se, também com um disparo de arma de fogo».

A GNR dá conta de que «um familiar do casal que tinha sido contactado telefonicamente pelo presumível homicida a informar das suas intenções, deslocou-se imediatamente ao local, tendo transportado a vítima do sexo feminino para os bombeiros para ser assistida, e informado as autoridades sobre o sucedido».

O suposto agressor foi encontrado na sua viatura, inconsciente, tendo sido assistido pelos Bombeiros e INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica), indica ainda a fonte.

A mulher e o homem foram transportados para o Hospital de Vila Real, vindo posteriormente a ser transferidos para Hospital de Santo António no Porto.

Segundo as autoridades, o casal é natural e residente no concelho de Carrazeda de Ansiães e tem um filho em comum com cerca de 16 anos.

A GNR contactou a Polícia judiciária (PJ) que se deslocou ao local e realizará a investigação do processo.