Pedro Passos Coelho lamentou a morte do bombeiro que perdeu a vida esta terça-feira.

«Quero endossar as condolências à família do bombeiro que faleceu»

Em Torres Vedras, o primeiro-ministro disse que este ano se verificou uma situação muito trágica com o falecimento de seis bombeiros. «É uma situação muito trágica

que nos abalou bastante» e deixou os votos de melhoras aos soldados da paz internados. «Espero que os bombeiros feridos possam ter recuperação franca».