O documento aponta para «uma pequena diminuição na taxa de mortalidade padronizada por tumores malignos, tanto na população global como no grupo etário inferior a 65 anos». «Este resultado é muito positivo, pois reflete ganhos líquidos em saúde».