Uma colisão entre um motociclo e um camião cisterna que transportava nafta, no concelho de Alcobaça, provocou esta segunda-feira dois feridos e o condicionamento do trânsito no Itinerário Complementar 2, uma das principais vias que atravessa o distrito de Leiria.

A colisão entre o motociclo e o camião cisterna teve lugar ao quilómetro 97,8, na localidade de Ataíja de Cima, no concelho de Alcobaça, tendo causado ferimentos graves “num homem de 74 anos e ferimentos ligeiros num outro, de 37 anos”, disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros de Alcobaça, Mário Cerol.

De acordo com o mesmo responsável, na sequência da colisão “foram derramados cerca de 75 metros cúbicos de nafta”, que estava a ser transportada pelo camião, ficando o trânsito naquela via “condicionado a uma só faixa para se proceder à trasfega da restante carga”, operação que ainda decorria às 18:30.

O alerta para o acidade foi dado às 15:00 e no local estavam 31 operacionais apoiados por 11 viaturas, incluindo bombeiros das corporações de Alcobaça e Benedita, Brigada de Trânsito, Proteção Civil de Alcobaça e Estradas de Portugal.

O IC2 - Itinerário Complementar do Norte é uma variante à Estrada Nacional nº. 1, ligando as duas principais cidades portuguesas, Lisboa e Porto.

Em 2014, este troço foi considerado um dos mais perigosos de Portugal depois de, em dez anos, 77 pessoas terem morrido em acidentes a norte de Leiria.

Também no IC2, e esta segunda-feira, outro acidente resultou em dois mortos e três feridos, em Albergaria-a-Velha, informou fonte dos Bombeiros.