O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves vai abrir uma investigação ao incidente com um avião da TAP, este sábado, que danificou sete carros e uma casa em Camarate.

O aparelho descolou pelas 10:10 com destino a São Paulo, mas teve de regressar ao aeroporto de Lisboa devido a uma falha numa turbina de um dos reatores do avião, que levou à projeção de alguns detritos pela tubeira de escape.

O organismo do Estado responsável pela área «vai iniciar um processo de investigação na segunda-feira», confirmou ao «Diário de Notícias» o presidente do gabinete, Álvaro Neves.

Já este sábado a TAP tinha anunciado que ia investigar o incidente.