A Câmara de Ourém foi objeto de buscas por parte da Polícia Judiciária (PJ), esta quarta-feira, relacionadas com «um eventual litígio sobre um terreno» e um «subsídio a uma entidade desportiva», informou hoje Paulo Fonseca, presidente da autarquia à agência Lusa.

Paulo Fonseca, não quis adiantar, no entanto, mais pormenores, para «não interferir com a investigação».

As buscas da PJ incidiram «em diversos departamentos», tendo sido consultados vários documentos, alguns levados para as instalações da PJ.