A temperatura mais alta deste sábado foi registada no distrito de Setúbal, que alcançou 42,4 graus às 17:00, e o máximo histórico foi batido em Sines, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

«Em termos de estações dos distritos, a temperatura mais elevada foi a de Setúbal, com 42,4º», disse à agência Lusa o meteorologista Bruno Café.

O meteorologista adiantou que o máximo histórico absoluto foi alcançado em Sines, no distrito de Setúbal, que atingiu os 40.7º.

Já o máximo histórico do mês de julho foi alcançado em Vila Real, que atingiu os 38 graus, disse Bruno Café, salientando que outros valores mais elevados foram registados em Coruche, Alcácer do Sal (42º), Leiria (40,2º), Santarém (41,3), Évora (40,6), e Beja, (40,3º).

O meteorologista disse ainda que o tempo quente e seco vai continuar, pelo menos, até ao próximo dia 08 de julho.

No domingo, as temperaturas vão ser idênticas às de hoje, apesar do IPMA ter desagravado o aviso nos distritos de Setúbal e Lisboa, passando de nível vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, para laranja, o segundo mais grave.