O Alentejo e o Algarve vão ser afetados na terça-feira por um massa de ar com origem no norte de África que irá aumentar a quantidade de partículas e poeiras, segundo uma nota da Agência Portuguesa do Ambiente.

Alerta laranja devido ao risco de incêndios e calor

De acordo com a instituição, este fenómeno vai afetar Algarve e Alentejo, definindo-se como «uma massa de ar com origem no norte de África, transportando na circulação partículas e poeiras em suspensão», que irá, por isso, reduzir a qualidade do ar.

De acordo com a Agência Portuguesa do Ambiente, «o transporte de longa distância de partículas de origem natural, em zonas áridas do norte de África, como os desertos do Saara e Sahel, pode causar elevados níveis de partículas em suspensão».

Explica, por outro lado, que em Portugal e nos países mediterrânicos, este fenómeno é mais frequente nos períodos da primavera e do verão.