Os três maiores incêndios ativos ao final da tarde desta terça-feira no continente português, que deflagraram nos concelhos de Alfândega da Fé, Valongo e Beja, já mobilizaram quase 400 operacionais, segundo informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O incêndio no concelho de Alfândega da Fé, distrito de Bragança, lavra desde as 13:47 em mato e encontrava-se ativo em duas frentes às 18:44, tendo já mobilizado 231 operacionais, apoiados por 66 veículos e três meios aéreos.

O incêndio no concelho de Valongo, distrito do Porto, que se iniciou às 15:30 em floresta, foi dominado às 19:06 e mobilizou um total de 78 operacionais, auxiliados por 21 veículos.

O fogo que decorre em mato no concelho de Beja desde as 17:14 encontrava-se, segundo a página da ANPC, ativo com uma frente às 18:44, sendo já combatido por um total de 74 operacionais, apoiados por 19 veículos e um helicóptero.

A Proteção Civil só disponibiliza na sua página da Internet informações relativas aos incêndios com mais de duas horas ou com mais de dez veículos operacionais envolvidos ou com pelo menos três meios aéreos pesados.

Hoje à tarde reativou-se o incêndio de Talhadas, em Sever do Vouga, que na sexta-feira e no sábado passados consumiu significativas áreas de floresta, mas este fogo florestal já não estava em destaque no sítio da ANPC ao final da tarde.