O menino de 18 meses que foi encontrado após quase três dias desaparecido não vai ter alta esta quinta-feira, avança a TVI.

De acordo com fontes hospitalares, a criança tem as faces rosadas devido a queimaduras ligeiras provocadas pelo frio e deverá permanecer no hospital do Funchal até sexta-feira.

As análises efetuadas revelaram «sofrimento muscular», disse o responsável pelo Serviço Regional de Saúde.

«A criança não vai ter alta hoje, porque se registaram alterações analíticas que revelam algum grau de sofrimento muscular que presumimos estarem relacionadas com a exposição ao frio», disse Miguel Ferreira à agência Lusa.

O médico adiantou que o menino «ficará internado na Pediatria pelo menos até amanhã, porque esta situação tem de ser reavaliada e acompanhada».

Na sexta-feira voltarão a ser repetidas as análises e, se a situação «tiver evoluído favoravelmente, então poderá ter alta», ainda nesse dia ou no sábado, acrescentou.

O bebé, que tem também pequenas escoriações nas mãos, está acompanhado pela mãe.

A Polícia Judiciária, que admite «todas as possibilidades», continua a investigar o caso sem, no entanto, ter constituído alguém arguido.