O desprendimento de pedras da falésia sobranceira à Avenida D. Manuel I, no concelho da Calheta, provocou hoje estragos em algumas viaturas e fez encerrar a marginal mas não provocou feridos.

"Confirmo a ocorrência mas não há feridos, só atingiu carros", disse o comandante dos Bombeiros Voluntários da Calheta (BVC), João Alegria.

A ocorrência, que atingiu sobretudo carros que estavam estacionados, deu-se no final da tarde de hoje, tendo os BVC e a PSP tomado conta do caso.