Quem disse que a sensualidade tem idade? A casa do Povo de Ermesinde decidiu desafiar as convenções sociais, lançando um calendário com 13 fotos irreverentes, que faz lembrar os editoriais das coelhinhas da Playboy. Há apenas uma peculiaridade: todas as modelos têm mais de 60 anos.

É Rosa Sousa, de 91 anos, que abre a edição do calendário. Com uma cigarrilha na mão, plumas vermelhas e meias de renda, a idosa posa na capa, com inspiração nos anos 20.  

A imagem deixa antever o que se segue, assim que se viram as páginas: 12 fotografias, uma para cada mês, onde mulheres idosas exibem poses sensuais. E há fantasias para todos os gostos. Em fevereiro, uma modelo vestida de Capuchinho Vermelho; em março, uma coelhinha da Páscoa, e até uma Marilyn Monroe. Para celebrar o regresso às aulas, há também uma colegial, em setembro, e uma Mãe Natal, em dezembro.

Excetuando a miss março, que tem apenas 63 anos, todas as outras manequins têm mais de 70 anos. As septuagenárias estão a mostrar a Ermesinde, e ao resto do país, sem pudor, que a sensualidade não tem idade.

As fotos foram publicadas no Facebook da Casa do Povo de Ermesinde e estão a fazer furor. A publicação já tem quase 2.500 partilhas, centenas de gostos e dezenas de comentários.

As vendas do calendário para 2016, que custa três euros, servirão para ajudar a instituição.