Um trabalhador ferido foi resgatado na segunda-feira à noite, de uma altura de 100 metros nas obras do IC3, em Coimbra, numa operação complexa que envolveu uma grua, informou esta terça-feira uma fonte dos Bombeiros.

A fonte dos Bombeiros Sapadores de Coimbra (BSC) disse à agência Lusa que a vítima sofreu um acidente de trabalho, pouco antes das 22:30, quanto laborava no topo do pilar 3 do viaduto do IC3 que atravessa o rio Ceira e a estrada da Beira (EN 17) na Tapada de Ceira.

O homem, de 34 anos, tinha ferimentos numa perna e foi transportado aos Hospitais da Universidade de Coimbra.

«Tivemos de deslocar para o local pessoal especializado em operações em altura e com cordas», disse, indicando que, apesar do caráter excecional da situação, os meios de socorro acabaram por tirar partido da grua instalada no local e da própria iluminação das obras.

Alguns bombeiros e um elemento do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foram içados no cesto da grua, tal como o material de socorro, tendo o ferido sido apeado através do mesmo processo.

Além de cinco profissionais dos BSC e de uma equipa do INEM, estiveram também no local seis elementos dos Bombeiros Voluntários de Coimbra, para trabalhos de apoio, e dois agentes da GNR, com um total de cinco viaturas, reporta a Lusa.