A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais confirmou esta segunda-feira à Lusa que três reclusos do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira estão em greve de fome.

Segundo aquela entidade, os reclusos estão «a ser objeto de acompanhamento pelos serviços clínicos do estabelecimento prisional».

A direção geral garante que até ao presente momento não se verificou «qualquer alteração digna de nota nos respetivos estados de saúde».

«Como sempre acontece em situações similares, caso o acompanhamento clínico considere que a evolução do estado de saúde, de qualquer das pessoas, é suscetível de justificar o seu internamento em unidade de saúde no exterior, proceder-se-á em conformidade», refere.