Um homem que estava desaparecido há 13 dias de uma instituição foi encontrado morto na terça-feira na margem do rio Ferreira, em Lordelo, no concelho de Paredes, disse esta terça-feira à agência Lusa uma fonte da GNR.

Segundo a fonte do Comando Geral da GNR, o homem, com idade entre os 40 e os 50 anos, sofria de perturbações mentais e tinha sido internado num lar para doentes mentais no passado dia 10 de março, de onde fugiu no dia seguinte.

O homem estava desaparecido desde essa data e foi encontrado na margem do rio pelas 20:00 de terça-feira, acrescentou.

No local, estiveram bombeiros e militares da GNR de Lordelo.