O corpo de um homem foi encontrado esta quarta-feira na base de um dos pilares da ponte da Figueira da Foz, junto ao rio Mondego, estando o caso entregue à Polícia Judiciária, disse fonte dos bombeiros.

«O cadáver apareceu no pilar sul, tudo indica que o homem terá caído do tabuleiro da ponte. Com o vento, acertou no pilar e não caiu à água», disse à Lusa o segundo comandante José Silva dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz.

O alerta foi dado cerca das 15:30, por um elemento da Polícia Marítima que patrulhava o local e que se deparou com o corpo do homem «de meia-idade, bem vestido e elegante» na base do pilar, localizado em plano superior à margem sul do rio.

«O corpo devia estar no pilar no máximo há 24 horas. Mas não foi detectada nenhuma viatura abandonada na ponte», acrescentou.

Na sequência do alerta, os bombeiros montaram uma «difícil» operação de resgate, dada a localização do corpo, que envolveu 14 homens e quatro viaturas e se prolongou por cerca de três horas, indicou José Silva.

Para além dos meios dos Bombeiros Voluntários estiveram envolvidos elementos da corporação de Municipais, e uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

O caso está entregue à Polícia Judiciária de Coimbra, que esteve no local a recolher indícios necessários à investigação.