A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção de três homens «fortemente indiciados» de tráfico internacional de armas proibidas, uma atividade criminosa que alegadamente decorria «continuadamente» em Cabeceiras de Basto.

Em comunicado, a PJ acrescenta que os detidos são suspeitos dos crimes de tráfico e mediação de armas e detenção de armas proibidas, além de tráfico de estupefacientes.

«No âmbito de investigação internacional por crimes tráfico de armas, foram sendo recolhidos indícios de que um dos arguidos teria recebido várias armas para transformação e posterior remessa para o estrangeiro», refere o comunicado.

Na terça-feira, a PJ apreendeu na posse dos arguidos uma arma e munições proibidas, pequenas quantidades de substâncias estupefacientes (cocaína, canábis e haxixe) e outros objetos «que permitem indiciar na prática do crime de tráfico de estupefacientes».

Os detidos têm entre 20 e os 34 anos de idade, sendo um empresário e outro e técnico de eletrotecnia, enquanto o terceiro não tem profissão.

Vão ser sujeitos a primeiro interrogatório judicial para aplicação das respetivas medidas de coação.