A PSP do Barreiro anunciou esta terça-feira a detenção de um homem, de 62 anos, por suspeita de burla e usurpação de funções, que terá lesado uma vítima na Baixa da Banheira em mais de 25 mil euros.

«O detido intitulava-se advogado e burlou um homem de 73 anos em quantia superior a 25 mil euros, sendo que a vítima suspeitou da idoneidade do defensor quando solicitou recibo referente às quantias pagas», refere a PSP.

Devido à suspeita, a vítima contactou a PSP que abordou o suspeito.

«Identificou-se como sendo funcionário público e que possuía alguma formação de direito, mas não foi capaz de apresentar certificação profissional», acrescenta.

O detido vai ser presente junto do Ministério Público da Moita para aplicação de medida de coação.