Um idoso de 75 anos foi hoje encontrado com vida depois de ter passado a noite ao relento e de ter estado mais de 12 horas desaparecido de um lar de uma aldeia de Bragança, escreve a Lusa.

Segundo disse à Lusa Paulo Gonçalves, adjunto do comando dos bombeiros de Bragança, que participaram nas buscas, o idoso foi encontrado hoje de manhã descalço e com alguns ferimentos junto a uma estrada a alguns quilómetros do lugar de onde desapareceu.

O homem saiu do lar de Santo Antão, em Sortes, no final do dia de sábado, para um habitual passeio e ter-se-á perdido, segundo as informações recolhidas pelas autoridades.

Os bombeiros de Bragança foram alertados para a situação por volta das 19:00 e iniciaram as buscas, que foram suspensas às 23:00 e retomadas hoje ao início da manhã, cerca das 07:00, envolvendo 20 homens dos bombeiros e GNR e cães pisteiros daquela força de segurança.

De acordo com Paulo Gonçalves, durante a operação, os bombeiros receberam na central de Bragança uma chamada a dar conta da presença de um idoso descalço junto ao cruzamento da estrada nacional 15, entre Mós e Sortes, a alguns quilómetros do local de onde tinha desaparecido o homem que procuravam.

Uma viatura do SPENA, o serviço de protecção da natureza e do ambiente GNR, foi a primeira a chegar junto do homem que veio a confirmar-se ser o idoso desaparecido.

De acordo com o adjunto do comando dos bombeiros, o idoso apresentava sinais de hipotermia e ferimentos nas mãos, pés e cara. O homem foi observado na unidade hospitalar de Bragança.