A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 20 anos, suspeito da morte de uma mulher da mesma idade, cujo corpo foi encontrado em Braga, em janeiro, atado de pés e mãos e parcialmente queimado, informou esta quinta-feira fonte policial.

O suspeito é um antigo namorado da vítima, que vai ser presente a um juiz de instrução criminal no Tribunal de Braga, para fixação das respetivas medidas de coação.

O corpo da jovem foi encontrado a 11 de janeiro, atado de pés e mãos e parcialmente queimado, no forno de uma antiga serração em Santa Lucrécia de Algeriz, em Braga.

Os exames realizados permitiram confirmar que se trata de Mayara Maldonado, brasileira, que estudava em Braga e que estava dada como desaparecida desde 11 de outubro de 2013.

A jovem tinha vindo para Portugal com a mãe e com o padrasto e andava a estudar na Escola Profissional de Braga.

Em 2011, os progenitores regressaram ao Brasil, alegadamente por o homem não ter conseguido autorização de permanência em Portugal, mas Mayara ficou, para prosseguir os estudos.