O bombeiro de Castanheira de Pera Rui Rosinha regressou, esta quinta-feira, a casa seis meses depois de ter sido hospitalizado na sequência do incêndio de Pedrógão Grande.

O Rui Rosinha regressou hoje a casa. Vai continuar a fazer fisioterapia em Castanheira de Pera, na unidade da Santa Casa da Misericórdia", disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros de Castanheira de Pera, José Domingues.

Rui Rosinha foi um dos quatro bombeiros da corporação local que ficaram internados na sequência do incêndio que deflagrou em 17 de junho, em Pedrógão Grande, e que causou 66 vítimas mortais.

O bombeiro esteve internado em dois hospitais do Porto e, posteriormente, foi transferido para os Hospitais da Universidade de Coimbra, onde esteve em recuperação.

É um dia muito feliz", afirmou José Domingues.

O comandante adiantou ainda que a jovem bombeira de 24 anos, da corporação de Castanheira de Pera, que também esteve internada devido aos ferimentos sofridos no mesmo incêndio, voltou a ser internada para ser submetida a uma nova intervenção cirúrgica à perna direita.