Quase mil bombeiros, apoiados por 279 meios terrestres, combatiam este sábado, pelas 23:30, onze fogos em Portugal Continental, de acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

A ANPC, na sua página da internet destaca quatro incêndios, dos onze que lavraram pelas 23:30, estando o mais grave em curso no concelho do Sabugal, no distrito da Guarda.

Este fogo, com duas frentes ativas e que teve início pelas 02:36 de hoje, envolvia por essa hora 404 bombeiros, apoiados por 130 veículos.

No distrito da Guarda lavra um outro incêndio, este no concelho de Trancoso, que teve início pelas 16:00 e às 23:30 tinha uma frente ativa e era combatido por 85 operacionais apoiados por 20 meios terrestres.

Os outros dois fogos em destaque na página da ANPC na internet lavram no distrito de Vila Real.

Em Valpaços, o fogo com uma frente ativa e que teve início pelas 15:00, era combatido pelas 23:30 por 137 bombeiros apoiados por 40 veículos.

No incêndio de Alijó, com três frentes ativas, pela mesma hora, estavam envolvidos 162 operacionais apoiados por 44 meios terrestres. Este fogo teve início pelas 13:00.

Entre as 00:00 e as 22:45 de hoje, a ANPC registou 114 fogos, em cujo combate estiveram envolvidos 3.243 operacionais, apoiados por 823 meios terrestres e 53 meios aéreos.