O bombeiro que se encontrava em estado critico na sequência de uma acidente de viação na quarta-feira morreu à 01:00 de hoje no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, disse à Lusa uma fonte da corporação de Carcavelos.

“O bombeiro José Moreira, de 41 anos, faleceu hoje de madrugada, à 01:00, na sequência dos ferimentos graves resultantes do despiste do autotanque em Cascais”, adiantou à agência Lusa o comandante Paulo Santos, dos Bombeiros de Carcavelos e São Domingos de Rana.

José Moreira estava internado desde quarta-feira no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, em estado considerado muito crítico.

De acordo com o comandante Paulo Santos, o outro bombeiro ferido no mesmo acidente está livre de perigo, estando a ser transportado para o Hospital de Cascais.

Os dois bombeiros ficaram feridos na quarta-feira quando o autotanque, que seguia em marcha de emergência, se despistou numa valeta na berma e capotou na estrada entre Abóboda e Talaíde, no concelho de Cascais.

Os bombeiros estavam a participar no combate a um incêndio na zona de Talaíde.