Mais de mil bombeiros, apoiados por 270 veículos, combatem os 11 principais fogos que lavram esta quarta-feira à tarde em Portugal continental, com o incêndio no Parque Natural do Alvão, concelho de Mondim de Basto, a concentrar a maioria dos meios.

Segundo informação disponibilizada pelas 17:30 na página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o fogo no Parque Natural do Alvão, distrito de Vila Real, com duas frentes ativas, está a ser combatido por 269 operacionais, apoiados por 75 veículos.

O fogo lavra desde as 04:45 desta madrugada.

O distrito do Porto é aquele que está a ser mais fustigado, encontrando-se ativos quatro fogos que estão a ser combatidos por 341 operacionais, apoiados por 91 veículos.

Neste distrito, o fogo que está a concentrar mais meios é o que lavra no concelho de Amarante, mobilizando 159 operacionais e 42 veículos.

No distrito de Viseu lavram três incêndios, sendo o da Serra do Caramulo o que mais atenções está a despender, com 217 operacionais e 64 veículos.

No distrito da Guarda há o registo de dois incêndios nos concelhos de Figueira de Castelo de Rodrigo e Vila Nova de Foz Coa, que estão a ser combatidos por 112 homens, apoiados por 30 viaturas.

No distrito de Bragança, um fogo em zona de mato no concelho de Vila Flor está a mobilizar 183 homens, apoiados por 44 veículos.

A Proteção Civil apenas disponibiliza pormenores na sua página sobre os incêndios de maior dimensão e que mobilizam mais meios.