A mulher, com cerca de 80 anos, que sofreu queimaduras graves na sequência de um incêndio na sua habitação em Covas, Vila Verde, acabou por morrer, informou fonte hospitalar.

Fonte dos bombeiros disse à Lusa que a vítima sofreu queimaduras de 1.º, 2.º e 3.º graus "um pouco por todo o corpo".

Segundo a mesma fonte, a origem das chamas ainda não é conhecida, mas admite-se que o incêndio possa ter começado numa lareira.

A vítima foi encontrada sentada num sofá.

A GNR tomou conta da ocorrência.