Um incêndio que deflagrou, nesta quinta-feira, cerca das 16:00, num prédio urbano do Barreiro obrigou à retirada de uma dezena de moradores, mas os bombeiros admitem a possibilidade de os habitantes regressarem ainda hoje a casa.

"O incêndio, que deflagrou nas águas furtadas de um prédio urbano, no Largo Luís de Camões, está dominado e em fase de rescaldo, mas ainda tem uma grande carga térmica", disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, no Barreiro, Acácio Coelho.

"O prédio foi evacuado. Foram retirados do imóvel dez moradores, mas nenhum sofreu ferimentos provocados pelo incêndio”, acrescentou o comandante dos Bombeiros do Sul e Sueste.

Segundo Acácio Coelho, os moradores deverão regressar ainda hoje as suas casas, depois de uma verificação das condições de habitabilidade, uma vez que o incêndio, de origem desconhecida, só terá afetado a fração desabitada.

No combate ao incêndio estiveram envolvidos 22 elementos dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, apoiados por oito viaturas.