O incêndio em Arouca que foi combatido por 148 homens de diversas corporações do distrito de Aveiro já está controlado, devendo ter sido motivado por "fósforo ou isqueiro".

Floriano Amaral, comandante dos Bombeiros Voluntários de Arouca, declarou à Lusa que "o fogo já está controlado".

Quanto às causas do sinistro, o mesmo responsável afirmou: "Estas coisas são sempre difíceis de saber com certeza, mas a origem do fogo deve ter sido a do costume - ou fósforo ou isqueiro".

O incêndio em causa lavrou em áreas florestais dos lugares de Vila Cova e Serabigões, e teve o seu auge a meio da tarde, quando envolveu o combate às chamas com recurso a quatro meios aéreos.

Referindo que nenhum bombeiro ficou ferido nas operações, Floriano Amaral informa que aos procedimentos de rescaldo estão agora em curso, devendo ser "coisa para durar muitas horas".