O fogo florestal que se reacendeu hoje à tarde na Covilhã, depois de lavrar durante dez horas na quinta-feira, foi dado como dominado às 16:40, informou a Autoridade Nacional de Proteção Civil na sua página na Internet.

O incêndio em zona de mato, que deflagrou na Coutada e tinha sido considerado reativado às 15:10, obrigou à mobilização de 233 operacionais, 76 veículos e dois helicópteros bombardeiros.

Na quinta-feira, um bombeiro de 41 anos morreu nas operações de socorro.

Segundo informação da Proteção Civil atualizada às 17:00, o combate às chamas na zona de Várzea Redonda/Bairradas, no município de Figueiró dos Vinhos, já envolve 245 operacionais, 69 veículos e cinco meios aéreos.

Às 16:45, este fogo tinha três frentes ativas.

Na Guarda, o incêndio que deflagrou às 13:13 de quinta-feira em Aldeia Viçosa e se reacendeu às 14:30 de hoje, depois de ter sido dado como dominado de manhã, tinha às 16:55 uma frente.

No terreno estão 197 elementos de forças de segurança e socorro, apoiados por 57 veículos e três meios aéreos.