Um bombeiro da corporação de Fornos de Algodres morreu esta quarta-feira, vítima de doença súbita, quando socorria um rapaz de 12 anos que sofreu uma queda, disseram à agência Lusa fontes da proteção civil e da GNR.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda referiu que o bombeiro, com 38 anos, faleceu, pelas 13:30, quando se dirigia para a Escola EB 2+3 de Fornos de Algodres para prestar assistência ao aluno que "caiu no corrimão" de uma escadaria do estabelecimento de ensino e sofreu ferimentos graves.

Já um elemento do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda referiu que o "soldado da paz", pertencente aos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, "caiu para o lado, quando se baixou para abordar a vítima".

Pelas 15:00, um helicóptero do INEM - Instituto Nacional de Emergência Médica -encontrava-se estacionado no campo de futebol de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda, para transportar o rapaz de 12 anos para os hospitais de Coimbra, indicou o CDOS.

A fonte referiu ainda que no local estavam, para além do helicóptero, 12 operacionais e quatro veículos dos bombeiros e da GNR e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER).