Mais de duzentos bombeiros e seis meios aéreos combateram um incêndio durante mais de quatro horas em Concavada, Abrantes, desde as 15:09, tendo entrado em fase rescaldo às 19:13, disse fonte da Proteção Civil.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém disse à Lusa que o incêndio lavrou em área florestal, "em condições muito adversas ao combate, pelo forte vento, que originou muitas projeções, e pela matéria combustível existente no terreno, propícia a rápidas propagações".

O incêndio esteve a ser combatido por 212 operacionais, 60 viaturas e seis meios aéreos, segundo informação da Proteção Civil, tendo sido acionados dois aviões pesados para apoiar o combate.

Além deste incêndio, os bombeiros do distrito de Santarém foram hoje à tarde chamados para combater dois outros, um em Casais Lagartos, freguesia de Pontével, no concelho do Cartaxo, e outro em Aldeia de Além, na freguesia de Alcanede, no concelho de Santarém, ambos em área de mato e já em fase de rescaldo.

Pelas 18:30 lavrava também um incêndio na freguesia de Ovadas e Panchorra, no concelho de Resende, em Viseu, que estava a ser combatido por 100 operacionais, apoiados por 24 viaturas e um meio aéreos, de acordo com informação no portal da proteção civil.

Na freguesia de Paredes da Beira, no concelho de São João da Pesqueira, também no distrito de Viseu, estava em resolução um incêndio que ainda mobilizava 84 homens, apoiados por 24 viaturas e dois meios aéreos.