Um homem foi detido por suspeita de tentar matar outros dois com uma arma branca no Bombarral, na sequência de desentendimentos entre ambos os condutores que viajavam na autoestrada A8 (Leiria/Lisboa), anunciou esta segunda-feira a Polícia Judiciária.

Os dois condutores viajavam, no domingo, A8 no sentido norte/sul, com as respetivas famílias. Vinham a praticar manobras de condução perigosas e houve um desentendimento entre ambos relacionado com o trânsito, segundo disse à agência Lusa, o coordenador da PJ de Leiria, Gil Carvalho.

Agressor fugiu

Na zona da portagem do Bombarral da A8, no distrito de Leiria, ambos pararam e saíram das respetivas viaturas.

Um deles, de 44 anos e residente em Lisboa, “vai para agredir o outro, mas o filho [deste] pôs-se à frente e foi atingido no peito”, contou a mesma fonte.

O agressor fugiu e a vítima foi transportada para a urgência de Caldas da Rainha do Centro Hospitalar do Oeste.

O comandante dos bombeiros do Bombarral, Pedro Lourenço, disse à agência Lusa que a vítima não corria perigo de vida, uma vez que a arma branca não perfurou a região torácica.

Detido em Lisboa

O homem suspeito das agressões, sem antecedentes criminais, veio a ser localizado em Lisboa na madrugada desta segunda-feira. Vai ser presente ao Tribunal de Leiria, para primeiro interrogatório judicial, como suspeito de duas tentativas de homicídio.

A vítima, de 18 anos e residente no concelho de Óbidos, foi assistida por uma ambulância dos Bombeiros do Bombarral, a ambulância de Suporte Imediato de Vida de Peniche e pela Viatura Médica de Emergência e de Reanimação de Caldas da Rainha.